Posso vender um apartamento sem imobiliária?

Compartir

Já decidiu vender o seu apartamento e agora tem muitas dúvidas. A primeira, por que devo contratar uma agência imobiliária se posso gerir a venda eu próprio.

É verdade que hoje em dia existem canais de comunicação que oferecem uma maior difusão à hora de vender a sua habitação: as redes sociais, os portais especializados… No entanto, o principal motivo que o leva a fazer por si próprio a venda do seu apartamento é a questão económica.

Em este artigo da Deplace explicar-lhe-emos como vender um apartamento sem imobiliária não lhe garante ganhar mais dinheiro e, além disso, dar-lhe-á mais dores de cabeça.

O problema da avaliação

Antes de vender a sua casa, primeiro deverá decidir o preço do seu apartamento. Isto pode causar confusão, já as tendências do mercado imobiliário podem requerir assessoria. Um preço por cima ou debaixo do mercado dificulta a venda.

O importante é comparar os preços de outras propriedades parecidas ou relacionadas, e pôr um preço correspondente. Uma imobiliária encarrega-se de avaliar o seu apartamento para ter o maior benefício possível.

O problema é que muitas vezes os donos de uma propriedade dão um valor muito superior do valor do mercado, trazendo como resultado apartamentos que demoram meses em ser vendidos. Isto implica que estará a perder dinheiro: ou estará a manter duas casas, ou estará preso com a que já tem.

Com a avaliação correspondente de um profissional, pode estar seguro que o seu imóvel será vendido no período mais curto possível.

Tornar atraente o seu apartamento

Depois de avaliar a habitação de forma correta, deverá ser eficaz na venda do seu apartamento e na atenção de possíveis compradores. Em este processo frequentemente é necessário fazer uma mudança de imagem no seu apartamento a forma de ser apresentado da forma mais atraente possível.

Por outra parte, deverá não só contactar com os potenciais compradores, senão organizar citas para que possam ver o apartamento. Estar disponível cada vez que um novo cliente tenha interesse pode ser complicado se trabalha o tem filhos, porque muitas vezes não é possível deixar tudo para abrir a sua casa a um potencial comprador.

Um agente imobiliário tirar-lhe-á a pressão de fazer publicidade e conseguir clientes e visitas: os clientes procuram através do mesmo agente. Isto significa que o único que deve fazer depois de contratar um agente, é esperar que ele faça o resto de trabalho.

Não se esqueça da documentação

Saber como vender um apartamento sem imobiliária significa não só encontrar um comprador, senão ficar encarregado de todos os papéis que envolve a compravenda de um imóvel (além de pagar os impostos). Ao mesmo tempo que promova o apartamento, também deve reunir os documentos que establece a situação legal dele, sem se enganar.

Estes são os documentos que, pelo geral, deve conseguir:

  • Certificado do título de propriedade do imóvel.
    • Certificado ao fluxo de pagamento da comunidade de proprietários.
    • Certificado de eficiência energética.
    • Último recibo de pagamento do imposto municipal IBI.

O contrato de arras

Este é um contrato legal onde concorda, entre outras coisas, se vai entregar as arras ou um sinal, o preço final, quem paga os impostos, entre outros vários detalhes.

O contrato de arras é um dos passos para vender o seu apartamento que deve ser feito por um especialista. Ao menos que tenha a experiência na elaboração de contratos legais, é melhor procurar a um profissional com experiência e habilidade. Se não fazer isto, provavelmente ficarão coisas importantes por fora, e acabará por gastar energia, tempo e dinheiro em um elemento que pode ser uma questão muito simples. 

Os trâmites no cartório

Se depois de tudo obteve um comprador e assinou um contrato, deve fazer os trâmites no cartório. Conseguir um momento no qual esteja livre para ir, esperar ser atendido e ter todos os documentos pode ser um processo longo e cheio de confusão.

Um ponto a ter em conta é o custo do título original. Esqueceu-se de fazer um aparte sobre isto no contrato de arras? Pois o tem de pagar você. O registo da propriedade também deveria estar incluido no contrato inicial. Se não, corre pela sua conta. Estes pequenos detalhes podem fazer que o processo de compravenda seja muito mais longo e pesado do que poderia ser.

Depois de ter feito toda esta papelada, provavelmente vai querer respirar com calma. Pois não, ainda deve pagar mais impostos, como o do Valor Acrescentado Municipal.

Vale a pena vender um apartamento sem imobiliária?

Como pode ver todos estes trâmistes representam que tenha além da disponibilidade de tempo, capacidades de negociação e conhecimento de vários procedimentos administrativos. 

A realidade é que confiar em um profissional pode simplificar muito as coisas para atender as inúmeras visitas que serão necessárias, captar potenciais compradores, investigar se tem o preço certo e tratar e gerir os trâmites legais, etc.

Em muitas das transações imobiliárias que se fazem entre particulares, as operações e a redação do contrato são mal geridas precisamente pelo desconhecimento, trazendo inconvenientes.

Tentar vender o seu apartamento sem uma agência só é possível se tiver muito tempo não só para mostrar a sua casa, senão para estudar o mercado e o resto de aspetos legais. Pelo que, a longo prazo, vale a pena o acompanhamento de um profissional do setor.

Na imobiliária digital Deplace, temos o prazer de lhe ajudar a gerir a compravenda do seu próximo lar, para que todo o processo seja simples, rápido e mais vantajoso para si (sobre tudo a nível económico). Então, para que quer saber como vender um apartamento sem imobiliária se oferecemos-lhe todas as facilidades? Contacte-nos e descubra como o vamos tornar vencedor.

Este sitio web usa cookies. Más información. ACEPTAR